Publicado em 10/09/2019 - 18:09

Câmara Realiza Vigésima Sétima Sessão Ordinária do Ano

 

                                                 Assessoria-CME

Sobre a presidência do Vereador José Antônio a Câmara de vereadores em Epitaciolândia realizou a Vigésima Sessão Ordinária da Sétima Legislatura.

 

 O Vereador Rubenslei Rodrigues(Rubens): Iniciou cumprimentando a todos. deixou o seu repudio ao desfile de 7 de Setembro, a qual essa independência estamos lutando para isso até hoje. Falou dos tapa buracos da cidade, onde se entristece pois já estamos no mês de setembro e os trabalhos no município ainda não aconteceram e quem paga o preço alto são os vereadores. quem critica os vereadores são pessoas que querem está aqui nessa casa . Disse que todo município tem uma história e Epitaciolândia não tem. Falou que é preciso que seja trago para cá o polo por que Brasileia tem um polo( faculdade), tem industrias e Epitaciolândia ficou no esquecimento, e a responsável por isso que na época tinha o governo do seu lado, se chama Leila Galvão que tirou tudo daqui e essa mesma cidadã tem a cara de pau de colocar nas redes sociais que quer defender Epitaciolândia,” será que ela vai conseguir trazer o que ela tirou do nosso município”? Disse que aqui em Epitaciolândia tem pessoas capazes de disputar uma eleição. Falou da falta de trafegabilidade dos bairros. Fez pedido Verbal: Pediu a ponte do ramal Transual, e o ramal do mato grosso. Pediu que termine o ramal de 2,5 km em uma comunidade no ramal do fontenele. Pediu trafegabilidade nos ramais do Rubicon e ramal do mocó que trafegam em cavalo, boi que não tem condições no inverno de se quer entrar uma moto.

 

O Vereador Manoel Messias: Iniciou cumprimentando a todos. Disse que se formos analisar os pré candidatos a prefeitos e os prefeitos de Epitaciolândia só foi um daqui. Falou do projeto de Lei onde aumenta para 11 vereadores e que não é a favor, pois acha desnecessário no momento aumentar para 11 vereadores, sabemos que essa casa não tem condições de arcar com as despesas nem dos 9 vereadores, pois não temos recursos para manter. Disse que hoje se quer os vereadores tem um litro de gasolina, para visitar os bairros e ramais, a câmara de vereadores hoje não tem um carro para ir a Rio Branco e pior que o carro que tem está quebrado. Fez pedido de providencias: Pediu que o poder executivo termine a ponte do bairro liberdade pois a mesma está parada e a galeria não foi comprada no valor de 80 mil e é por isso que o mesmo quer a prestação de contas da festa de Epitaciolândia, pois não temos uma rua que preste e a prefeitura fez festa.”Quem faz aniversário tem condição”. Pediu que o poder executivo possa desentupir a bueira na Rua Sergipe no bairro fontenele de castro. Pediu a limpeza e a iluminação pública na Rua Francisco de Aguiar. Pediu na Rua João Vieira no bairro José Hassem iluminação pública e a pintura das faixas de pedestres.

 

O Vereador Diojino Guimarães: Iniciou cumprimentando a todos. Disse que parece ser um defensor dos vereadores. fez um pedido para quem quiser se candidatar não cometa o mesmo erro que ele cometeu a 11 anos atrás de não ler a lei orgânica e conhecer o regimento interno, pois falava quase tudo que a metade dos pré candidatos para 2020, as baboseiras que muitos falam, tudo o que acontecia culpava os vereadores. Disse que para ser politico primeiramente tem que saber e ter a vontade de ajudar o povo. Falou que faz politica 24 hrs, mais é tratando bem e não faz nada com o interesse de obter voto. falou que se fosse depender de salario de vereador para sobreviver não daria e espera que essa câmara se renove, hoje os atuais vereadores são as vidraças amanhã  os futuros vereadores serão as vidraças. “A politica é uma obra humana ela é falha”. Disse que acredita que essa semana o hospital regional irá entrar de greve, o serviço ambulatório não vai atender por que não tem uma agulha para fazer uma medicação só irá atender emergência e não é culpa do governo de agora e nem do governo passado o Brasil está em crise. Falou que santo de casa não faz milagre, mais já é tradição de Epitaciolândia trazer prefeito de Rio branco e candidato a prefeito de Brasileia e nunca eleger um filho de Epitaciolândia que só teve um e o povo tem o prefeito que merece. “Politica quem faz é o politico”.

 

O Vereador Antônio Pereira(Kaki): Iniciou cumprimentando a todos. Fez Pedido de Providências Verbal: Pediu ao poder executivo o asfaltamento da ladeira da entrada do bairro José Hassem, pois prejudica a trafegabilidade e espera que seja feito antes do inverno. Disse que não está vendo avanço nos trabalhos dos ramais e se preocupa pois já vai chegar o inverno. Falou que os vereadores assinaram um repasse do governo do estado de 450,000 mil reais para comprar 80 mil litros de óleo para a recuperação dos ramais.  Disse que o ramal do km 20 a esquerda  passaram o inverno em uma situação caótica, e que não está vendo um trabalho que venha contemplar antes que venha a chuva, ramal do mato grosso, ramal do porto rico e principalmente o ramal do chora menino e a preocupação é que sejam feitos com qualidades. Disse que votou em todos os projetos que o vereador Messias apresentou por que entendeu que não era interesse dele e sim da população e diz não entender por que o vereador discorda desse projeto  que é de sua autoria. Falou que acredita que aumentando os vereadores não trará prejuízo nenhum para o nosso município por que o salário do vereador é conforme o repasse que a câmara recebe o único problema é baixar o salário do vereador mais dá prejuízo não. Disse que se é indecente aumentar para 11 vereadores o mesmo acha que é indecente aumentar o salário do vereador. Falou que pelo bem da população votará para o salário do vereador baixar para um salario minimo.

 

O Vereador Altemir Castelo(Dino): Iniciou cumprimentando a todos. Falou das problemáticas do município, pois em todas as sessões o assunto é o mesmo. Disse que na altura que se encontra o município é mais do que natural a população atacar os vereadores, pois servem de para-choques. Falou que os vereadores fazem sim seus trabalhos e todos tem uma pasta recheada de documentos. Disse que se entristeceu com a obra parada no bairro liberdade, pois é uma espera de 3 anos. Falou que  visitou o bairro satel e que o mesmo está destruído, bairro José Hassem onde até hoje foi iniciado uma rua só, na rua Ana de Souza Lira onde tem um esgoto a céu aberto, os moradores já não estão mais aguentando e essa casa sempre cobrou. Falou dos ramais, as máquinas entram no Guajará, Alemanha, km 23 e 21, onde estão sendo raspado somente. Falou da estrada velha onde a pouco foi raspado mais não foi piçarrado também ramal baixa verde que em toda chuva os moradores ficam isolados.

 

 

As sessões acontecem todas as segundas-feiras a partir das 19:00 horas.