Publicado em 20/08/2019 - 14:58

Câmara Realiza Vigésima Quarta Sessão do Ano.

                                                  Assessoria-CME

Sobre a presidência do Vereador José Antônio a Câmara de vereadores em Epitaciolândia realizou a Vigésima Quarta Sessão Ordinária da Sétima Legislatura.

 

O Vereador Manoel Messias: Iniciou cumprimentando a todos. Pediu o apoio a todos os colegas vereadores, que pudessem assinar o pedido de providência que o mesmo está encaminhando para o governo do estado, referente a saúde do município. que seja feita a hemodialise dos pacientes do alto acre para serem atendidos no Hospital de Brasileia Wildy Viana. Reforçou outros pedidos como: Um médico ginecologista, um médico cardiologista e em especial um IML, para atender a demanda, pois é um sofrimento grande para as famílias que perdem seus entes queridos. Pediu a recuperação dos bueiros do ramal do santana, ramal do mato grosso, ramal transual. Pediu pelo ramal chora menino são salvador  e a comunidade do cachoeira e agradeceu a prefeitura por atender as demandas distantes do ramal do Riozinho, Porongaba e Rubicon. Pediu ao secretario de obras a recuperação da iluminação pública da Rua Pará no bairro Fontenele e em todos os bairros do município. Falou que já se iniciou a recuperação da ponte do bairro Liberdade para tirar não só os moradores do bairro como toda a população do isolamento da dificuldade de trânsito. Falou do esporte onde fica muito triste ao ver a situação que se encontram as quadras e pede que possa ser recuperadas as mesmas. Pediu a prefeitura pelo km 7 até o km 15 que seja recuperado, também ramal da torre e entre outros, pois os moradores precisam do ramal para a trafegabilidade. Pediu a recuperação da ponte do ramal da Estrada velha, pois não tem mais segurança para a passagem e também o piçarramento dos ramais. falou a respeito da lotérica onde em breve será resolvida essa situação.

 

O Vereador Rubenslei Rodrigues(Rubens): Iniciou cumprimentando a todos. Falou das sessões onde mudam de horários e não ver a presença da população e que muitas das vezes ouviu opiniões de pessoas que só criticam mais na hora de estarem presentes não estão e nem vão vir, por que quem os criticam são as pessoas que querem está aqui sentado em uma dessas cadeiras. Pediu ao poder executivo a recuperação da ponte do bairro José Hassem onde liga o centro da cidade na travessa bela vista mais só deixam para tomarem providências quando já está um desastre, que o secretario de obras tome providencias nesse pequeno detalhe. Pediu que fosse feito a recuperação na ponte do ramal do km 14 onde viu um vídeo de um motorista pregando pregos e isso é uma vergonha para o poder executivo, por que temos uma secretaria lotada de funcionários. Disse que mandou para a secretaria de ação social um documento e não foi respondido ainda, será que é preciso ir em outros meios para ser respondido? disse que esta casa tem que ser respeitada e quer a prestação de contas, quer saber quantos litros de gasolina tem gastado? quantas cestas básicas tem doado? quantos colchões? por que tudo isso tem na secretaria, por quê que o atendimento não está sendo legal ? por que o produtor rural passa quatro, cinco dias para ser atendido? Falou que no mesmo ramal do km 14 é necessário o acesso e os moradores de lá já tem as piçarras e precisam que seja feito esse trabalho para facilitar a trafegabilidade. Pediu ao poder executivo iluminação pública e recuperação das quadras do município. Disse que o limite de tapa buracos já passou e a população tem cobrado. Pediu ao poder executivo em nome do secretario municipal de obras Raimundo nonato que possa ir em frente a casa do vereador Messias onde tem um esgoto a céu aberto e a população reclama, pois temos que ter a paciência de  saber cobrar mais precisamos de respostas. falou a respeito da caixa econômica federal e ainda não tem nada decidido. Agradeceu a todos os vereadores pela assinatura para acontecer a audiência pública a respeito da ponte e parabenizou o grupo s.o.s ponte pela manifestação. Falou a respeito dos limites territoriais do nosso município e que querer não é poder, já participou de quatro reuniões e foi discutido os limites territoriais e todo mundo quer, a prefeita de Brasileia jamais vai querer perder por que é através da quantidade de pessoas que vem os recursos financeiros tanto da educação quanto da saúde.  “Não podemos é nos curvar para algumas pessoas que querem usar isso como o maior curral eleitoral”.

 

 

 

 

 

 

 

As Sessões acontecem todas as segundas-Feiras a partir das 19:00 horas.